Análise do comportamento higroscópico de briquetes


19-11-15 Biomassa

A produção de briquetes e peletes é uma forma de obter combustível sólido de qualidade através da biomassa. Pelo processo de compactação há uma redução de volume que pode variar entre 5 e dez vezes, dependendo do tipo de matéria-prima.Essa redução de volume resulta num aumento da densidade da biomassa, o que favorece as operações de transporte, estoque e manuseio.

A princípio, qualquer biomassa vegetal pode ser utilizada na produção de briquetes. Atualmente, os materiais mais utilizados são os resíduos agrícolas, florestais e de processos industriais e algumas propriedades devem ser observadas para manter a qualidade do produto final.

Um dos principais cuidados deve ser com o teor de umidade, tanto do conteúdo de água da biomassa quanto à umidade relativa do ambiente, haja vista que a biomassa é um material higroscópico. Um conteúdo de umidade elevado na biomassa compromete a qualidade dos briquetes.

O objetivo do trabalho foi analisar o comportamento higroscópico dos briquetes produzidos com diversos tipos de biomassa em diferentes condições de armazenamento (60% UR, 75% UR e 95% UR). Os resultados mostraram que cada matéria prima respondeu de maneira diferente ao processo de acondicionamento. O bagaço de cana e o capim apresentaram maior higroscopicidade que os demais. Por exemplo, num ambiente com 95% de UR os briquetes de capim elefante chegaram a se desintegrar. As características de densidades são influenciadas pelo ambiente nos quais são armazenados.

Baixar Artigo Completo

Vídeos

Ver Mais
  • Abertura Expoforest 2018
    Abertura Expoforest 2018
  • Forest Class Cursos Online
    Forest Class Cursos Online
  • A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
    A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
  • Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…
    Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…