Otimização do tempo de estocagem de cavacos de Pinus taeda e Pinus elliottii...


04-03-16 Florestal

Este estudo teve como objetivo determinar o tempo ideal de estocagem de cavacos de Pinus taeda L. e Pinus elliottii Engelm. em pilhas, para minimização dos problemas derivados da presença de extrativos na madeira destinada à produção de celulose, obtida pelo processo Kraft.

Foram utilizadas árvores de Pinus taeda e Pinus elliottii com idade de 22 anos, provenientes de plantios de uma empresa situada em Correia Pinto, Santa Catarina. Foi realizada a análise quantitativa dos extrativos da madeira solúveis em água quente e etanol-tolueno e determinada a variação da temperatura, em diferentes profundidades de pilhas de cavacos de Pinus taeda L. e Pinus elliottii Engelm., durante 8 dias.

Houve aumento da temperatura nas pilhas de cavacos, que foi mais intenso nos primeiros quatro dias de estocagem. Não foram encontradas diferenças significativas nos teores médios de extrativos nas profundidades das pilhas de cavacos. A quantidade de extrativos solúveis em etanol-tolueno diminuiu ao longo do tempo de estocagem.

O perfil de elevação da temperatura e o decréscimo do teor de extrativos solúveis em etanol-tolueno, para ambas as espécies, indicam que a partir de cinco dias de estocagem os cavacos já apresentaram perda significativa de extrativos, melhorando desta forma sua qualidade para a obtenção de polpa celulósica pelo processo Kraft.

Baixar Artigo Completo

Vídeos

Ver Mais
  • Abertura Expoforest 2018
    Abertura Expoforest 2018
  • Forest Class Cursos Online
    Forest Class Cursos Online
  • A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
    A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
  • Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…
    Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…