Quantificação da Biomassa florestal em plantios de curta rotação com...


02-05-18 Florestal

O objetivo deste trabalho foi determinar a capacidade de produção de biomassa da parte aérea
das espécies florestais: Acacia mearnsii De Wild, Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden, Mimosa
scabrella Benth e Ateleia glazioviana Baill distribuídas em diferentes espaçamentos em plantio: 2,0 x 1,0 m, 2,0 x 1,5 m, 3,0 x 1,0 m e 3,0 x 1,5 m, nas idades de 1 e 3 anos. O presente trabalho foi realizado em um experimento utilizando o delineamento de blocos completos casualizados caracterizados por um fatorial 4x4x2 em três repetições, conduzido no município de Frederico Westphalen-RS. A determinação da biomassa consistiu na derrubada e pesagem dos diferentes compartimentos das árvores. Para a madeira e casca foram retirados discos de 2,0 cm de espessura nas posições do tronco: 0% (base), 25%, 50%, 75% e 100% da altura total. Já para biomassa de galho e folha, foram retiradas amostras estratificadas e determinadas seu peso final. O aumento da densidade de plantio apresentou relação direta com a produção de biomassa por unidade de área nos diferentes anos de avaliação. A maior produção de biomassa foi observada nos espaçamentos mais adensados e concentrou-se principalmente no tronco e nos galhos das árvores. As espécies que se destacaram foram Eucalyptus grandis e Acacia mearnsii. Já a Ateleia glazioviana apresentou a menor produção de biomassa por unidade de área.

Baixar Artigo Completo

Vídeos

Ver Mais
  • Abertura Expoforest 2018
    Abertura Expoforest 2018
  • Forest Class Cursos Online
    Forest Class Cursos Online
  • A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
    A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
  • Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…
    Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…