Uso da palha de cana de açúcar como fonte de bioenergia versus a sua...


20-01-16 Bioenergia

A eliminação gradativa da queima da palha da cana-de-açúcar modificou substancialmente o setor sucroenergético na última década. Atualmente, após a colheita do canavial, a palhada é deixada na superfície do solo visando à proteção contra erosão, fornecimento de nutrientes, dentre outros benefícios.

Entretanto, o setor sucroenergético tem exibido uma demanda de retirar esta palhada do campo e levar para indústria para geração de bioenergia e etanol de 2ª geração. Nesse sentido, o objetivo deste estudo foi quantificar a contribuição nutricional e econômica da manutenção da palhada de cana-de-açúcar no solo e fazer uma análise econômica comparativa entre os três cenários de utilização, sendo eles: manutenção da palha no solo, produção de etanol de segunda geração e produção de bioenergia.

Para tanto, fez-se uma revisão de literatura, na qual avaliou-se o conteúdo de ciclagem de nutrientes (N, P, k, Ca, Mg e S), decomposição da palhada, entre outros. Observou-se que a contribuição nutricional da manutenção da palhada no solo foi: 28% de N, 70% de P, 100% de K, 66% de Ca, 59% de Mg e 41% de S durante o primeiro ano e a econômica foi de R$14,72 por hectare ano, demostrando maior vantagem à utilização da palhada para geração de bioenergia.

Baixar Artigo Completo

Vídeos

Ver Mais
  • Abertura Expoforest 2018
    Abertura Expoforest 2018
  • Forest Class Cursos Online
    Forest Class Cursos Online
  • A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
    A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
  • Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…
    Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…