Aumentam os perigos dos incêndios florestais em Mato Grosso do Sul

Aumentam os perigos dos incêndios florestais em Mato Grosso do Sul


18-06-16 Florestal

Assim como as formigas, pragas e doenças, os incêndios floretais têm sido a grande preocupação de empresas florestais e dos produtores rurais em Mato Grosso do Sul. O aumento substancial da área plantada de eucaliptos, que chegou em 2015 a 924.000 hectares, tem aumentado este risco que antes era limitado a pastagens e à mata nativa.

No Brasil as queimadas e os incêndios florestais são as causadoras de três quartos das emissões nacionais de gases do efeito estufa. Segundo dados do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em 2015 foram registrados 5.309 focos de incêndio em todo estado de Mato Grosso do Sul. O ano de 2016 começou com dados animadores, do início deste ano até o último dia 05 de maio, o estado registrou 13% a menos de focos de calor com relação ao mesmo período do ano passado.

De acordo com levantamento feito pela Reflore – Associação Sul-Mato-Grossense de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas, 72% dos incêndios tem causa humana. Ou seja, influência e maus comportamentos dos homens.

Mas não é só. Entre as causas estão também o anafalbetismo ambiental, fenômenos naturais, hábitos e comportamentos dos produtores rurais, o extrativismo, expansão das áreas rurais e a falta de uma política agrária.

Para minimizar o problema, a Reflore lançou mês passado a campanha de prevenção a incêndios florestais em todo o estado.

Segundo o presidente da Reflore-MS, Moacir Reis, “o objetivo da campanha é diminuir diretamente o número de focos de incêndios, promover a união dos segmentos do campo e desenvolver os estados com atrativos preventivos para as indústrias e empresas”.

A campanha é definida através de veiculação de mídias e ações simultâneas. Os municípios próximos e envolvidos em áreas consideradas de risco são os parceiros educacionais.

Pensando neste problema o Senar MS e a Paulo Cardoso Comunicações acabam de incluir o tema FOGO no evento do Programa Mais Floresta que vai acontecer no próximo dia 21 de junho a partir das 8h da manhã no Parque de Exposições de Três Lagoas durante a ExpoTrês 2016. O tema do evento passou a se chamar Como Proteger Sua Floresta – fogo, formigas, pragas e doenças. As incrições são gratuitas e podem ser feitas por meio do site do evento: www.senarms.org.br/projetos/mais-floresta.

Pela manhã serão realizadas as palestras, logo depois o Bate Papo de Negócios, uma rodada em que produtores rurais, participantes e empresas podem se reunir para trocar informações e fazer bons negócios, logo após, no início da tarde será realizado o dia de campo numa fazenda próxima da Eldorado Brasil, onde tudo o que foi falado pela manhã será demonstrado no campo.

Senar - Mais Floresta

CONFIRA TAMBÉM...


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ver Mais

Vídeos

Ver Mais
  • Abertura Expoforest 2018
    Abertura Expoforest 2018
  • Forest Class Cursos Online
    Forest Class Cursos Online
  • A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
    A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
  • Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…
    Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…