Braga visita empreendimentos da cadeia de energia renovável em São Paulo

Braga visita empreendimentos da cadeia de energia renovável em São Paulo


29-09-15 Energia Renovável

Em cinco anos, a matriz energética nacional terá 20% de energias renováveis, informou na última sexta-feira (25/9) o ministro Eduardo Braga, ao visitar dois empreendimentos de ponta dedicados às energias renováveis. Em Sorocaba, Braga esteve na Tecsis, indústria com tecnologia nacional especializada na fabricação de pás para turbinas eólicas. Em Campinas, o ministro conheceu a Usina Solar Tanquinho, da CPFL, considerada uma das maiores do Brasil. As visitas fazem parte de um trabalho de identificação das visões e sugestões dos vários segmentos das energias de fronteira, para fortalecer o processo de expansão das energias renováveis no país.

De acordo com o ministro, o Brasil iniciou uma nova onda com o crescimento da oferta de energia solar que, junto com as fontes eólicas, irão garantir sustentabilidade ambiental e também robustez ao sistema elétrico nacional.

"O país tem vocação para energia solar assim como para a hídrica e a eólica", disse Braga. Durante a visita a fábrica da Tecsis em Sorocaba, o ministro conheceu as instalações da empresa financiada por investidores brasileiros e com tecnologia nacional. A empresa se prepara para inaugurar uma nova unidade na Bahia, com investimentos de R$ 250 milhões.

O ministro lembrou que há cinco anos o Brasil tinha pouca geração eólica. "E hoje já são quase 5% da matriz, com crescimento de cerca de três mil MW/ano", concluiu.

Solar.

Em Campinas, ministro conheceu a Usina Solar Tanquinho, maior projeto de energia nessa fonte em operação no estado de São Paulo com 1,1 MWp de capacidade instalada, construída e operada pela CPFL, que conta com cinco tecnologias solares em pesquisa na planta de Tanquinho.

Braga defendeu o avanço das fronteiras tecnológicas da matriz energética, como é o caso da energia solar. Tanquinho é considerada a maior planta de energia solar em terra, lembrou o ministro, citando a experiência inovadora que será testada nas usinas de Sobradinho (Bahia) e de Balbina (Amazonas), com placas móveis que serão colocadas na superfície dos reservatórios.

MME

CONFIRA TAMBÉM...


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ver Mais

Vídeos

Ver Mais
  • Abertura Expoforest 2018
    Abertura Expoforest 2018
  • Forest Class Cursos Online
    Forest Class Cursos Online
  • A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
    A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
  • Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…
    Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…