Caldeira explode em cervejaria de SP

Caldeira explode em cervejaria de SP


29-01-16 Atualidades

A explosão de uma caldeira na fábrica de cerveja da Heineken causou a morte de duas pessoas e deixou três feridas, duas em estado grave, na manhã desta quinta-feira, 28, em Jacareí, interior de São Paulo. A força da explosão lançou os corpos a mais de 20 metros e causou pânico entre funcionários, como mostram imagens de uma câmera instalada no local. De acordo com a empresa, as vítimas são prestadores de serviços à fábrica, contratados por outra empresa. Eles trabalhavam do local da explosão e foram atingidos pelo vapor e pelo deslocamento de ar.

Dois dos feridos foram levados por um helicóptero da Polícia Militar para o Hospital Municipal de São José dos Campos, e permaneciam internados. Um deles, com queimaduras de terceiro grau em 80% do corpo, passou por uma cirurgia e aguardava transferência para a Santa Casa da cidade. Os corpos das duas vítimas foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Jacareí.

A área do acidente foi isolada pelo Corpo de Bombeiros e pelo menos cinco viaturas e 15 homens trabalharam na contenção do risco. “Havia risco de que algumas carretas-tanque estacionadas perto do local fossem atingidas”, disse o diretor do Sindicato dos Trabalhadores da Alimentação, Valter da Silva. Segundo ele, funcionários relataram cenas de pânico no momento da explosão, já que o deslocamento de ar fez a fábrica tremer, derrubando árvores e danificando instalações.

De acordo com o sindicalista, o acidente aconteceu quando funcionários faziam a manutenção da caldeira, que funcionava com vapor e ar comprimido, movimentando as máquinas da cervejaria. O equipamento funcionava a óleo e tinha sido adaptado para operar a gás, mais econômico. Depois da explosão, a empresa dispensou os 400 funcionários.

No fim da tarde, os dirigentes do sindicato acompanhavam a perícia no local do acidente. O diretor Décio Aparecido de Oliveira informou que o sindicato fará um ato em frente à Heineken de Jacareí na manhã desta sexta-feira, 29, em solidariedade às famílias das vítimas. Eles também vão cobrar melhores condições de trabalho e que a empresa dê toda assistência às famílias dos trabalhadores.

Em nota, a Heineken lamentou o acidente e informou que está em contato com as terceirizadas para oferecer suporte aos envolvidos na explosão, cujas causas estão sendo apuradas. De acordo com a nota, as operações fabris da cervejaria foram suspensas.

Estadão

CONFIRA TAMBÉM...


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ver Mais

Vídeos

Ver Mais
  • Abertura Expoforest 2018
    Abertura Expoforest 2018
  • Forest Class Cursos Online
    Forest Class Cursos Online
  • A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
    A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
  • Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…
    Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…