Em 2017 Biomassa da Cana foi suficiente para iluminar 11 milhões de residências

Em 2017 Biomassa da Cana foi suficiente para iluminar 11 milhões de residências


25-03-18 Bioenergia

Segundo o gerente em Bioeletricidade da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), Zilmar Souza, em 2017 a eletricidade obtida da palha e do bagaço da cana foi responsável por 60% do consumo de eletricidade do País.

Em nota o executivo afirma que “Atualmente, a energia armazenada nos reservatórios hidrelétricos no Sudeste/Centro-Oeste está com 40% da capacidade máxima e estamos caminhando para o período seco. O início da safra canavieira no Centro-Sul, em abril, seguindo firme até novembro, sempre representa um alívio para o setor elétrico, cuja matriz ainda é predominantemente hídrica e dependente do regime anual de chuvas”.

A biomassa da cana-de-açúcar funciona como uma espécie de “reservatório virtual” nos canaviais e preservam o volume útil das hidrelétricas no período mais seco e crítico do ano para o sistema elétrico, entre maio e novembro.

Em 2017 o volume de energia elétrica renovável comercializado pelo setor sucroenergético foi suficiente para iluminar 11 milhões de residências, evitando a emissão de 8 milhões de toneladas de CO2.

Cultivar

CONFIRA TAMBÉM...


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ver Mais

Vídeos

Ver Mais
  • Abertura Expoforest 2018
    Abertura Expoforest 2018
  • Forest Class Cursos Online
    Forest Class Cursos Online
  • A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
    A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
  • Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…
    Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…