Mais uma fábrica de pellets no Rio Grande do Sul

Mais uma fábrica de pellets no Rio Grande do Sul


11-02-18 Biomassa

O mercado de madeira no Rio Grande do Sul é grande.

Agora, o Estado quer se tornar referência também na produção de pellets para biomassa, a partir dos resíduos da madeira.

Atualmente, duas grandes empresas já funcionam e um investimento está previsto para um 3º empreendimento – o que vai fazer o RS ter plantas com produções recordes.

Essa 3ª empresa é a Finagro, que tem o apoio do fundo internacional de investimentos para implantar o projeto de uma planta de pellets que terá capacidade para produzir mais de 1,8 milhão de toneladas de biocombustível.

Afonso Bertucci é o presidente da empresa e diz que a fábrica terá maior capacidade de produção do que a maior do mundo, que fica na Geórgia (EUA) e gera 1,2 milhão ao ano.

O investimento inicial é de 320 milhões de dólares e a capacidade máxima deve ser atingida em 2022. Só que no ano que vem (2019) já se estima que a produção ultrapasse as 900 mil toneladas.

A escolha do lugar (Pinheiro Machado) é devido ao grande potencial de florestas, entre outros motivos.

Além do que toda a produção da fábrica poderá ser escoada pelo porto do Rio Grande.

Os outros empreendimentos do RS também somarão à esse polo e podem fazer do Estado o maior produtor de pellets para biomassa do mundo.

Jornal do Comércio

CONFIRA TAMBÉM...


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ver Mais

Vídeos

Ver Mais
  • Abertura Expoforest 2018
    Abertura Expoforest 2018
  • Forest Class Cursos Online
    Forest Class Cursos Online
  • A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
    A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
  • Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…
    Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…