Indústria de Árvores – Elizabeth Carvalhães – O Brasil na indústria de celulose global

Indústria de Árvores – Elizabeth Carvalhães – O Brasil na indústria de celulose global


26-04-16 Celulose

O crescimento de economias emergentes visto nos últimos anos levou a um comportamento irreversível por parte da população desses países: o aumento no consumo de produtos de higiene, como lenços de papel, papéis-toalha, papel higiênico e fraldas. Tudo isso elevou o consumo por papéis de tipo tissue e, consequentemente, da celulose. Apesar das recentes instabilidades econômicas nesses mercados, a expectativa é de que o consumo desses produtos continue em alta.

O que pouca gente sabe, no entanto, é que, se não fosse pela indústria brasileira de celulose e pinus e pelos avanços no manejo e tecnologia florestal obtidos no país, a celulose disponível no mundo seria mais cara e, consequentemente, tornaria cada um destes produtos, cada vez mais essenciais, mais caros para a população.

A capacidade das empresas nacionais de produzir mais com menos e em menos tempo possibilita ao Brasil abastecer o mercado de forma mais rápida e a preços mais competitivos, trazendo impactos positivos aos produtos derivados desta cadeia também.

O Brasil está entre os maiores produtores de celulose do mundo, ficando no topo do ranking de produtividade, com o menor ciclo de colheita do eucalipto, de cerca de sete anos. A produtividade média dos plantios brasileiros de eucalipto atingiu 39 m³ por hectare ao ano, enquanto em países, como o Chile, outro importante produtor na América do Sul, a produtividade da árvore é de 20 m³/há ano. A produtividade dos pinus brasileiros também se destaca, ficando em 31 m³/ha ano – o Chile atinge 18 m³/há ano, e a África do Sul chega a 22 m³/ha ano. Além disso, a área florestal necessária para a produção de 1,5 milhão de toneladas de celulose por ano no Brasil é de 140 mil hectares, um quinto da área necessária na Escandinávia.

A contribuição brasileira ao mercado mundial de celulose ocorre graças à prioridade que as empresas nacionais dão à manutenção de investimentos em pesquisas e desenvolvimento, buscando a melhoria da genética dos plantios e das técnicas de manejo florestal, fazendo com que o país tenha a engenharia genética arbórea mais avançada do mundo. O melhor exemplo do sucesso dessa estratégia é o impressionante desenvolvimento da produtividade do eucalipto no Brasil – 5,7% ao ano no período de 1970 a 2008, ante 2,6% da América Latina, 0,9% dos países desenvolvidos e 1,9% para o conjunto de países em desenvolvimento.

As florestas de eucalipto e pinus brasileiras fazem diferença no mundo já que, com o crescimento da população global, será necessária mais celulose disponível no mercado. Não é à toa que recentemente empresas nacionais ampliaram suas capacidades de produção ou anunciaram investimentos na mesma direção, fazendo com que seja inaugurada uma nova unidade a cada dois anos no país.

Nesse sentido, a biotecnologia, associada às técnicas convencionais de melhoramento genético, vêm se destacando como instrumento para a contínua evolução do setor. A inovação tecnológica levará ao cultivo de árvores com características específicas, tais como mais produtividade, melhor forma, mais densidade, mais quantidade de fibras e resistência a pragas e doenças, à seca, ao frio ou à salinidade, particularmente relevantes por conta dos efeitos das mudanças climáticas.

O Brasil, graças à relação espécie-solo-clima para plantio favorável, sua disponibilidade de terras e à tecnologia desenvolvida pelas empresas nacionais, é um dos poucos países capazes de fornecer ao mundo commodities limpas, energia e uma gama de bioprodutos que estão em fase de desenvolvimento, o que torna importante não só o diagnóstico dos entraves para o desenvolvimento do setor, mas também o empenho para a busca contínua de soluções viáveis.

Ibá

CONFIRA TAMBÉM...


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ver Mais

Vídeos

Ver Mais
  • Abertura Expoforest 2018
    Abertura Expoforest 2018
  • Forest Class Cursos Online
    Forest Class Cursos Online
  • A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
    A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
  • Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…
    Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…