Pernambuco inaugura maior complexo eólico do estado

Pernambuco inaugura maior complexo eólico do estado


01-10-15 Energia Renovável

Recife – A empresa Casa dos Ventos inaugurou nesta terça- feira o maior complexo eólico de Pernambuco, que conta com 107 aerogeradores, distribuídos ao longo de 3.500 hectares.

O complexo Ventos de Santa Brígida está composto por sete parques eólicos, localizados nos municípios de Caetés, Pedra e Paranatama, e tem uma capacidade de 181,9 megawatts, suficiente para abastecer 350.000 lares.

"Estes 107 aerogeradores geram o equivalente a 60% do consumo de energia de todo Recife", afirmou o fundador e presidente de Casa dos Ventos, Mario Araripe, durante o ato de inauguração.

A construção deste complexo eólico representou um investimento de R$ 864 milhões e esperasse que gere 1.000 empregos diretos e 2.000 indiretos na região de Caetés, a 250 quilômetros da capital.

Araripe se mostrou satisfeito pela rapidez com a qual se desenvolveu o projeto, desde sua adjudicação para um período de 20 anos no Leilão de Energia de Reserva, em 2013, até seu lançamento nesta terça-feira.

Durante o ato, o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Thiago Norões, louvou o "grande valor" do investimento realizado por uma empresa "plenamente nordestina".

"Representa uma nova era para o estado? representa desenvolvimento, progresso e investimento", disse Norões ao referir-se à instalação do novo complexo eólico na região.

Os aerogeradores, que têm 80 metros de altura e 100 metros de diâmetro, são do modelo GE 1.7100 e foram fabricados pela empresa americana General Electric, para quem a Casa dos Ventos é atualmente sua maior cliente no país.

Por sua parte, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, destacou a importância que tem para a região o desenvolvimento de uma indústria que gera "energia limpa".

"Queríamos para Pernambuco um desenvolvimento não só econômico, mas sustentável. Que levasse em conta a economia, mas também o desenvolvimento social. E todo isso tem que ir acompanhado de um cuidado com o meio ambiente, que é a única maneira de garantir um futuro melhor para as próximas gerações", comentou Câmara.

De acordo com os cálculos da companhia, esta iniciativa, que contou com o financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), permitirá que cerca de 300.000 toneladas de gás carbono deixem de ser emitidas anualmente.

No fim de semana passado, em seu discurso na sede das Nações Unidas durante a Cúpula do Desenvolvimento Sustentável, a presidente Dilma Rousseff anunciou o compromisso do Brasil de reduzir as emissões de gases poluentes em 37% até 2025.

Segundo reconheceu à Efe o diretor de projetos e novos negócios de Casa Dos Ventos, Lucas Araripe, este dado pode beneficiar à projeção da companhia bi longo prazo, já que ao fio deste compromisso o Brasil garantiu que as energias renováveis representarão 45% de sua rede de geração energética.

Desde sua criação há oito anos, a Casa dos Ventos se transformou em uma das maiores empresas eólicas do país, com projetos localizados nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Bahia e Piauí.

Exame

CONFIRA TAMBÉM...


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ver Mais

Vídeos

Ver Mais
  • Abertura Expoforest 2018
    Abertura Expoforest 2018
  • Forest Class Cursos Online
    Forest Class Cursos Online
  • A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
    A Tractebel Energia é a maior geradora privada de energia…
  • Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…
    Produzir e comercializar produtos com alta tecnologia…